NOTA DE ESCLARECIMENTO

REAJUSTE TARIFÁRIO 2014

 O SETRANVASF – Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Vale do São Francisco – vem, em razão do cumprimento da Decisão Judicial do Processo 0010281-84.2014.8.17.1130 da 1ª Vara de Fazenda Pública de Petrolina, que determinou o reajuste da tarifa do transporte coletivo de Petrolina, e nos termos do Ofício n⁰ 357/2014 EPTTC, que autorizou a cobrança do valor de R$ 2,62 em todas as linhas urbanas do município, esclarecer:

        i.           A tarifa de transporte urbano em Petrolina está congelada há 18 meses, tendo, inclusive, sofrido reduções nos meses de maio e agosto de 2013, numa diminuição total de 6%;

      ii.           Desde então, as operadoras de transporte do município concederam dois reajustes salariais aos rodoviários (de 7% em julho/13 e 10% em julho/14) e suportaram outros três reajustes de combustível (que acumula alta de 18% nesse período), além das variações de preço verificadas em outros itens da planilha de custos;

     iii.           Diante disso o SETRANVASF requereu a revisão da planilha de custos à EPTTC para que fosse assegurado o equilíbrio econômico-financeiro do sistema de transporte e, por consequência a continuidade da prestação dos serviços;

    iv.           A planilha tarifária calculada pela EPTTC apontou uma tarifa de R$ 2,62 contra R$ 2,84 do estudo realizado pelo SETRANVASF, sendo ambas submetidas à apreciação do Conselho Municipal de Transportes em 12/08/2014;

      v.           Decorrido o prazo de um mês e em não havendo, pelo Conselho, homologação de nenhum dos dois valores apresentados, restou ao SETRANVASF apelar ao Poder Judiciário para que houvesse a necessária reposição dos custos operacionais e da própria inflação acumulada no período;

    vi.           Após apreciação judicial a EPTTC recebeu, então, determinação para fixar tarifa das linhas urbanas do município em R$ 2,62, o que foi notificado ao SETRANVASF hoje, 22/09/2014, pelo Ofício 357/2014, para cumprimento amanhã, 23/09/2014, terça-feira, a partir de zero hora.

Diante dos fatos o SETRANVASF orientou as empresas operadoras de transporte em Petrolina a cobrarem valor arredondado para baixo, em R$ 2,60, de forma a evitar problemas com troco.

O SETRANVASF reafirma seu interesse e disposição em dialogar com o município e seus diversos agentes, como vem fazendo, inclusive, no Conselho Municipal de Transporte e lamenta, sobretudo, que tal realinhamento tarifário aconteça por intervenção judicial.

 

 

Ofício Circular nº 01
 
 
Queremos proporcionar, sempre, o melhor atendimento a sua empresa e, consequentemente, ao seu funcionário. Nesse sentido, implantaremos, a partir de 25/08/2012, a modalidade “Boleto Bancário” para pagamentos dos pedidos de Vale-Transporte.
 
E é simples, fácil e seguro!!! Entenda passo a passo o que vai mudar:
 
1)      Se seu navegador de internet possui bloqueio de pop-ups, você precisa desabilitá-lo. Caso o bloqueador de pop-ups esteja ativado o boleto não será emitido.
2)      O pedido deve ser feito normalmente da mesma forma que ocorre hoje. O boleto será emitido automaticamente ao final da operação.
3)      O boleto poderá ser pago em até 10 dias na rede bancária e correspondente autorizada. Caso não haja pagamento neste prazo, o pedido será automaticamente cancelado.
 
Obs: Manual em PDF de como realizar a compra do vale transporte. (Clique AQUI)


 
Mas, atenção:


 
            O pedido só será liberado após a compensação do boleto pelo agente bancário. Boletos pagos em dinheiro junto ao banco cedente (Bradesco), por exemplo, são compensados em 24 horas. Para os demais bancos, segue as regras de compensação bancária.
            Após a compensação, os créditos serão inseridos nos cartões da mesma forma que ocorre hoje, em até 72 horas.
            A partir desta data não acatamos pagamentos por depósitos ou feito diretamente no Setranvasf.
 
 
Em caso de dúvida estamos à disposição...
 
Suporte.petrolina@setranvasf.com.br
 
(87) 3862-1911

 

 

Para acessar o sistema de compras, CLIQUE AQUI